Dezembro/2016: Filmes Vistos – Parte 2.

Bom dia, leitores.

Quero contar para vocês duas novidades, a primeira é que comprei meu tão esperado Notebook e agora tudo está mais fácil, tanto para o blog quanto para o lazer. E a segunda é que assinei a Netflix e “Adeus, mundo!” porque tem tanto filme e seriado que quero assistir que nem tento enumerar. E vou mostrar um pouco do que assisti nos últimos dias.

1

Refém da Paixão – 2013 – Drama.

Ok, eu sei que dias atrás eu escrevi – Novembro/2016: Livros comprados – dizendo que não o veria até que tivesse lido o livro (está na minha estante, na fila de leitura), mas estava tão curiosa depois do trailer que foi o primeiro filme que vi das minhas novas aquisições tecnológicas. E não me arrependo, pois o filme me conquistou e me emocionou. Kate Winslet é maravilhosa mesmo, como eu amo essa mulher haha. O filme mostra todo o lado sentimental do ser humano, seus medos e fraquezas, sua força e compaixão, sua dor e sua luta. Os três personagens principais são retratos disso. 

Sinopse oficial: Henry Wheeler (Gattlin Griffith), um garoto de treze anos, esforça-se para cuidar de sua mãe solitária, Adele (Kate Winslet), enquanto enfrenta os problemas comuns da adolescência. Um dia, após comprarem material escolar, Henry e sua mãe encontram Frank Chambers (Josh Brolin), um homem intimidante e claramente necessitando de ajuda, que os convence a dá-lo abrigo. Mais tarde, ele se revela um criminoso foragido. Os eventos deste longo fim de semana do Dia do Trabalho irá mudar a vida dos três para sempre.

4

Ele não está tão a fim de você – 2009 – Romance/ Drama.

Eu era doida para assistir este filme, mas nunca tinha conseguido achá-lo disponível. Mesmo não sendo recente, a quantidade de atores conhecidos e de quem gosto, me despertou o interesse, além de boas críticas ouvidas sobre o filme.

Sinopse oficial: He’s Just Not That Into You é um filme estadunidense lançado em 2009, dirigida por Ken Kwapis, baseado no livro de auto-ajuda de mesmo nome, de Greg Behrendt e Liz Tuccillo, que por sua vez foi inspirado por uma linha de diálogo em Sex and the City. O filme apresenta um elenco que inclui Ben Affleck, Sasha Alexander, Jennifer Aniston, Drew Barrymore, Jennifer Connelly, Kevin Connolly, Bradley Cooper, Ginnifer Goodwin, Scarlett Johansson e Justin Long. O filme foi produzido pela produtora de Barrymore, Flower Films, enquanto a atriz também atua como produtora executiva. Extrapolando um pouco menos de 180 milhões dólares em bilheteria em todo o mundo, o filme se tornou um sucesso, apesar das respostas mistas da crítica. Romântica incorrigível, Gigi sai com Conor, que simplesmente não liga no dia seguinte. Quando ela vai a um bar atrás do rapaz, conhece Alex, colega de quarto de Conor e que tem uma visão muito clara sobre o mundo, empenhando-se em mostrar a verdade para Gigi numa viagem ao complicado mundo da mente dos homens. Enquanto isso, Conor está enrolado com uma cantora chamada Anna, mas ela gosta mais de Ben, que é casado com Janine que, por sua vez, trabalha com Gigi. A chefe das duas, Beth, é namorada de Neil há sete anos, mas ele não quer casar. E Mary, publicitária que fará anúncio para divulgar o trabalho de Conor, só procura por relacionamentos na internet.

6

Sob o mesmo céu – 2015 – Comédia romântica.

Por gostar muito dos atores já queria assistir esse filme faz um tempo e achei bom, embora um pouco confuso.

Sinopse oficial: Após fracassar em uma missão, o militar Brian Gilcrest (Bradley Cooper) é enviado de volta para o Havaí, sua terra natal, para supervisionar o lançamento de um satélite. Lá, ele se reaproxima de um amor do passado (Rachel McAdams), ao mesmo tempo em que começa a se apaixonar por uma piloto da Força Aérea (Emma Stone).

3

12 anos de escravidão – 2013 – Drama/ Biografia/ Ficção histórica.

Pois é, inacreditável que ainda não tivesse assistido este filme e que filme. Maravilhoso como todos já disseram e triste, terrivelmente triste e avassalador, porém necessário que a humanidade veja do que já foi e em certos aspectos ainda é, capaz de fazer no mal sentido. Forte e emocionante. Estorou de tanto ganhar prêmios, incluindo Oscar e Globo de Ouro de Melhor Filme. Chiwetel Ejiofor e Lupita Nyong’o se destacam em suas incríveis atuações. Conta com a participação ainda de Brad Pitt. Inspirado no livro de mesmo nome e tratando-se de um livro de memórias de Solomon Northup, sendo, portanto uma biografia faz com que a história fique ainda mais intensa.

Sinopse oficial: Em 1841, Solomon Northup é um negro livre, que vive em paz ao lado da esposa e filhos. Um dia, após aceitar um trabalho que o leva a outra cidade, ele é sequestrado e acorrentado. Vendido como se fosse um escravo, Solomon precisa superar humilhações físicas e emocionais para sobreviver. Ao longo de doze anos, ele passa por dois senhores, Ford e Edwin Epps, que, cada um à sua maneira, exploram seus serviços.

5

Olga – 2004 – Biografia/ Drama/ Histórico/ Romance.

Filme antigo, mas eu tinha muito interesse em assistir e valeu a pena, pois o filme é bom, trágico e belo. Atuações emocionantes e enredo historicamente triste. Duramente avaliado pelos críticos, por closes desnecessários na protagonista, falas simplistas dos personagens e o romance enaltecido, deixando a luta contra as injustiças sem o enfoque adequado, ainda sim, gostei. Preciso ler o livro!

Sinopse oficial: Berlim, início do século XX. Olga Benário (Camila Morgado) é uma jovem judia alemã. Militante comunista, ela é perseguida pela polícia e foge para Moscou, onde recebe treinamento militar e é encarregada de acompanhar Luís Carlos Prestes (Caco Ciocler) de volta ao Brasil. Na viagem, enquanto planejam a Intentona Comunista contra o presidente Getúlio Vargas, os dois acabam apaixonando-se. Parceiros na vida e na política, Olga e Prestes terão de lutar pelo amor, pelo comunismo e, principalmente, pela sobrevivência.

2

500 dias com ela – 2009 – Romance.

Já tinha ouvido falar bastante deste filme, mas não tinha conhecimento da história. Não se trata de mais uma comédia romântica, um romance clichê e nem protagonistas estereotipados. Foge da fantasia e assemelha-se ao mundo real, aos relacionamentos da nossa vida realmente como são. Gostei.

Sinopse oficial: Tradução de 500 days of Summer, Tom Hansen (Joseph Gordon-Levitt) está em uma reunião com seu chefe, Vance (Clark Gregg), quando ele apresenta sua nova assistente, Summer Finn (Zooey Deschanel). Tom logo fica impressionado com sua beleza, o que faz com que tente, nas duas semanas seguintes, realizar algum tipo de contato. Sua grande chance surge quando seu melhor amigo o convida a ir em um karaokê, onde os colegas de trabalho costumam ir. Lá Tom encontra Summer. Eles também cantam e conversam sobre o amor, dando início a um relacionamento.

Por enquanto foram esses. Desejo a todos vocês um Natal incrível repleto de amor e saúde.

Beijos e até breve.

Anúncios

5 comentários sobre “Dezembro/2016: Filmes Vistos – Parte 2.

  1. Oies… Adriana nada melhor do que um notebook novo não é? Eu tive a oportunidade de comprar o meu nesse ano também e só não consegui assistir muitas séries por conta da faculdade, mas o projeto férias está aí 😉

    Sobre os filmes… Eu adoro “Ele não está tão a fim de você”, tive a mesma impressão que você sobre “Sob o mesmo céu”, nunca assisti “Olga” e quero muito ver “12 anos de escravidão”. Adorei o post. Bjos ❤

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s