Livro A compacta história das guerras – A. A. Evans e David Gibbons.

Boa tarde leitores,
Um pouco decepcionada, confesso, mas vamos lá.
Este foi um #livro curto que encontrei em uma livraria e ao abrir o que me interessou foram as fotos. É um estilo que gosto, com coisas além das letras. Esperei uma promoção e comprei pela internet.
Admiro toda a pesquisa realizada. Os pontos positivos foram além das fotos de qualidade, coloridas, uma cronologia abrangente da história das guerras no mundo.
Os pontos negativos são que o livro parece mais de consulta do que de #leitura corrida. Mostra as datas, nome das guerras, figuras importantes nos acontecimentos, porém não explica os motivos de quase nenhuma. O que acontece é que fica impossível entendermos os episódios. Além de se tornar uma obra difícil de ler. Não há fluidez ou mesmo continuidade entre o texto e a linha do tempo. Foi a impressão que eu tive. Minha intenção ao ler foi entender melhor a história das guerras, porém continuo na mesma.
Talvez seja intencional, mostrar que não há razão para nenhuma guerra e que o homem desde que o mundo é mundo busca o domínio, o poder e a riqueza destruindo o outro. Infelizmente, tão pouco acredito que essa seja a ideia dos autores. Apenas que são pragmáticos.
Mas o que mais me incomodou no decorrer da narrativa e se alguém mais leu eu gostaria de saber se foi só comigo, que os autores americanos trazem algo bastante previsível, que é apresentar os Estados Unidos como se fossem os mocinhos e heróis da história. Isso se mostra de várias formas, como o uso de palavras suaves quando trata o país e não fazem o mesmo com os demais, deixando a ideia de que os EUA sempre foram motivados por bons sentimentos ao guerrear com outros países, salvando-os de tudo e de si mesmos.
A única menção ao Brasil é cômica e acontece na página 221, já no fim, na linha do tempo “1960 – 1965: insurgência comunista no Brasil”, o que é uma piada, visto que eles foram os principais patrocinadores da ditadura militar aqui e parece que ainda querem acreditar que estavam certos.
Beijos e até a próxima 📚.
#acompactahistoriadasguerras #aaevans #davidgibbons #universodoslivros #2017 #guerra #historia #notatres #leitora #literaturaestrangeira #book #lendo

5 comentários sobre “Livro A compacta história das guerras – A. A. Evans e David Gibbons.

  1. Oi Adriana, comprei dois livros, A História do Século 20 Para Quem Tem Pressa e A História do Mundo Para Quem Tem Pressa, e ambas só falavam em guerra, poxa, tanta coisa que aconteceu no século vinte e no mundo, e ambos os livros estavam focados em guerra, que não cheguei ao final de nenhum. Aumentaram a minha lista de livros abandonados. Um parágrafo ou dois de eventos legais e guerra, guerra e mais guerra, detalhadamente.
    Estão engavetados.
    Para quem gosta de história, de guerra, ótimo, para mim uma decepção.

    Curtido por 1 pessoa

      1. Eu faço de tudo para não abandonar, mas quando o livro é muito chato, não dá, já li livros – não gosto, mas li – de mais de 500 páginas e devorei a história em poucos dias, mas já li de pouquíssimas páginas que tive que empurrar para chegar ao final e levou uns dez dias. Livros bons, 400, 500 páginas, dois ou três dias, história maravilhosas, livro muito chato, 198 páginas, lido em dez dias com muito esforço, mas tirando Carlos Ruiz Zafón, espanhol, os demais autores espanhóis eu não compro mais. Comprei dois e-books, autores diferentes, e errei nos dois. Somente o Zafón eu continuaria comprando.

        Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s