Livro: A mala de Hana – Karen Levine.

Boa noite leitores,
Esse #livro veio parar em minhas mãos da melhor forma possível, um amigo recente achou que eu gostaria da história e me ofereceu emprestado.
E embora eu não tenho chorado, como outros leitores, pelo que eu soube, é um livro muito fofo. Sim, já disse outras vezes que a Segunda guerra mundial me atrai (veja bem, apenas em conhecimento, porque sou contra a guerra, ainda mais essa) e as histórias sobre o assunto que mais gosto são contadas pelo ponto de vista de crianças (há uma grande variedade desse tipo) porque como já expliquei algumas vezes, o olhar ingênuo sobre algo terrível torna a leitura menos indigesta.
Nesse relato biográfico sobre a história da Hana, uma menina judia, que vivia na Tchecoslováquia, hoje República Tcheca, teve sua infância marcada pelo nazismo e pelo holocausto. Seus pais são levados de casa e algum tempo depois, ela e seu irmão George também são intimados a embarcar para campos de concentração.
E a história dessa menina só foi descoberta em 2000, através de uma mala com seu nome, mostrada em Tókio, no Japão, o que levou a diretora do museu, Fumiko a começar a investigar o passado até descobrir a verdade, onde estaria Hana?
Com capítulos curtos, uma obra de poucas páginas, intercalando entre 1940 com Hana contando sua história e já em 2000 com Tomiko em busca de respostas, a #leituradeumdia é emocionante e dinâmica.
Recomendado para jovens e pré adolescentes, é uma boa opção de presente e poderia ser indicado nas escolas. A obra traz uma mensagem muito importante, como a própria Fumiko declara, ensinar as crianças o perigo do preconceito, da crueldade e da intolerância, para que a história não se repita. Ah, meu Brasil, é uma dica preciosa para nós.
#amaladehana #karenlevine #melhoramentos #2007 #literaturainfantojuvenil #notaquatro #hanassuitcase #lendo #leitora

Beijos e até a próxima 📚.

Anúncios

Livro: A vida que enterramos – Allen Eskens.

Bom dia leitores,

Esse #livro faz parte de um total de cinco que eu comprei direto na livraria pelo preço imbatível. E igualmente aos demais, esse sendo o 4° que eu li, fiquei grata por escolher obras aleatórias, sem expectativas e sem me importar com a falta de hype dele. Um livro para ser bom só precisa de uma boa história e uma boa narrativa. A gente se surpreende.
Esperava um #suspense e ele é. E por uma incrível coincidência, traz um personagem com autismo, Jeremy, de 18 anos, sendo o irmão do protagonista, Joe, que tenta conciliar a vida, como segurança de um bar, estudante de graduação, filho de uma mulher extremamente problemática, irmão de uma pessoa com autismo, que precisa entregar uma biografia na faculdade. Sem ancestrais confiáveis e presentes, encontra em uma casa de repouso Carl, um senhor com câncer em estágio avançado, em liberdade condicional por isso, tendo cumprido trinta anos de cárcere por um crime brutal, o estupro, assassinato e incineração de uma jovem de quatorze anos na década de 80.
Joe busca respostas lentamente para descobrir a verdade. Desde Carl como soldado na guerra do Vietnã até os dias atuais. E conta com a ajuda de sua vizinha de apartamento, Lila.
Bem escrito em primeira pessoa, narrativa fluída, capítulos curtos, acontecimentos inesperados, bons personagens coadjuvantes, ação, drama e investigação, é uma #leitura prazerosa e rápida.
E as reviravoltas cumprem seu papel de confundir o leitor. Gostei do enredo e do desfecho. Nos levando a analisar a justiça e a sociedade.
Valeu. E este foi o livro de estreia do autor.

#avidaqueenterramos #alleneskens #intrinseca #2017 #romanceamericano #notacinco #literaturaestrangeira #leitora #dicadelivro #lendo

Beijos e até a próxima 📚.

Livro: Com amor, Anthony – Lisa Genova.

Bom dia leitores,
Aaaah, ❤️, que surpresa linda esse #livro.
Esse foi um dos raros que já comprei em livraria física, junto com outros 4, porque estavam em promoção por cerca de 12,00.
E eu não tinha nenhuma info sobre ele.
Assim que o peguei pra ler, uma semana atrás, despretensiosamente, descobri que era a autora de #parasemprealice que apenas assisti a adaptação cinematográfica e adorei.
A profundidade e originalidade da autora fazem toda a diferença.
Nessa obra temos duas histórias conectadas, de Olivia, mãe de um menino autista que faleceu e de Beth, mãe de três meninas e que descobre a traição do marido e também escritora.
É sobre #recomeco. É sobre #perdão. Amor incondicional. Amor aos livros. #Maternidade. #Casamento. #Amizade. E todos esses elementos incríveis servem de fundo para o mais importante, entendermos o #autismo. O capítulo quinze é umas das coisas mais impactantes e emocionantes que já li. Uma preciosidade.
O final é do jeitinho que eu esperava e queria. #valealeitura
#comamoranthony #lisagenova #novafronteira #2015 #romanceamericano #notacinco #favorito #leitora #literaturaestrangeira #lendo #dicadelivro

Beijos e até a próxima 📚.

Livro: Reconstruindo Amelia – Kimberly McCreight.

Boa tarde leitores,
Comprei este livro há bastante tempo, só porque estava com um preço irresistível.
E me surpreendi com a história.
Pode parecer um livro bobo ou apenas para pessoas jovens, mas ele me prendeu bastante, ainda mais do meio para o fim.
Ele tem muitos elementos importantes.
Um #thriller psicológico, #suspense e #drama.
Conta a história de Kate, uma advogada bem sucedida, que após o suposto #suicidio de sua filha, busca respostas para o que aconteceu e o porquê. É importante alertar sobre os gatilhos da obra. Acredito que ele traz uma questão muito comum nesses casos, que é a culpa ou a revolta de quem fica.
Porém o #livro se propõe a ir além disso, trazendo temas como a necessidade de aceitação social, a jornada dupla das mulheres precisando conciliar a carreira e a #maternidade, a influência da era digital na vida das pessoas, o #bullying, a descoberta sexual, a #homossexualidade e claro, a relação complexa entre pais e filhos.
Outros pontos positivos são a narrativa fluída e o sucesso do mistério, com reviravoltas que persistem até o final. Há muitas possibilidades e isso é ótimo! Gostei bastante, do desfecho inclusive.
Vale a #leitura

#reconstruindoamelia #kimberlymccreight #arqueiro #2014 #ficcaoamericana #notacinco #literaturaestrangeira #leitora #lendo #dicadelivros

Beijos e até a próxima 📚.

Livro A compacta história das guerras – A. A. Evans e David Gibbons.

Boa tarde leitores,
Um pouco decepcionada, confesso, mas vamos lá.
Este foi um #livro curto que encontrei em uma livraria e ao abrir o que me interessou foram as fotos. É um estilo que gosto, com coisas além das letras. Esperei uma promoção e comprei pela internet.
Admiro toda a pesquisa realizada. Os pontos positivos foram além das fotos de qualidade, coloridas, uma cronologia abrangente da história das guerras no mundo.
Os pontos negativos são que o livro parece mais de consulta do que de #leitura corrida. Mostra as datas, nome das guerras, figuras importantes nos acontecimentos, porém não explica os motivos de quase nenhuma. O que acontece é que fica impossível entendermos os episódios. Além de se tornar uma obra difícil de ler. Não há fluidez ou mesmo continuidade entre o texto e a linha do tempo. Foi a impressão que eu tive. Minha intenção ao ler foi entender melhor a história das guerras, porém continuo na mesma.
Talvez seja intencional, mostrar que não há razão para nenhuma guerra e que o homem desde que o mundo é mundo busca o domínio, o poder e a riqueza destruindo o outro. Infelizmente, tão pouco acredito que essa seja a ideia dos autores. Apenas que são pragmáticos.
Mas o que mais me incomodou no decorrer da narrativa e se alguém mais leu eu gostaria de saber se foi só comigo, que os autores americanos trazem algo bastante previsível, que é apresentar os Estados Unidos como se fossem os mocinhos e heróis da história. Isso se mostra de várias formas, como o uso de palavras suaves quando trata o país e não fazem o mesmo com os demais, deixando a ideia de que os EUA sempre foram motivados por bons sentimentos ao guerrear com outros países, salvando-os de tudo e de si mesmos.
A única menção ao Brasil é cômica e acontece na página 221, já no fim, na linha do tempo “1960 – 1965: insurgência comunista no Brasil”, o que é uma piada, visto que eles foram os principais patrocinadores da ditadura militar aqui e parece que ainda querem acreditar que estavam certos.
Beijos e até a próxima 📚.
#acompactahistoriadasguerras #aaevans #davidgibbons #universodoslivros #2017 #guerra #historia #notatres #leitora #literaturaestrangeira #book #lendo

Livro Brasil: Uma história – Eduardo Bueno.

Boa noite leitores,

Maravilhoso!
Essa é minha #dicadeleitura de hoje. E se eu conseguir farei um vídeo sobre o assunto em breve. Meu primeiro contato com o autor, de forma casual, comprado na #bienaldolivro de São Paulo no ano passado pela bagatela de dez reais.
Um assunto que vem me interessando bastante nos últimos anos, só que esta obra tem algo difícil de encontrar, a fluidez da narrativa, que torna além de enriquecedora, uma #leitura prazerosa e intensa. Me vi mergulhada no enredo, sempre com vontade de continuar. O que é bastante incomum em livros desse estilo, com tantos acontecimentos, nomes e datas. Consegui me conectar, além do aprendizado que foi grande, pude entender e analisar nosso país ainda mais.
Gostaria imensamente que todos os brasileiros pudessem ter acesso a ele.
Claro que meu entusiasmo me levou para novos caminhos, como conhecer o canal do autor no YouTube hoje e ter visto alguns filmes importantes abordados no #livro. No vídeo que eu espero fazer falarei mais sobre isso.
O livro inicia antes de 1500, sobre o Brasil desconhecido de dez milênios antes e minuciosamente vem até 2012, onde Dilma era presidente da república.
Precisamos conhecer a nossa história e das pessoas que construíram esse país, sendo a população indígena, negra escravizada e a mão de obra dos imigrantes os protagonistas. Talvez assim, espero, as pessoas entendam a gravidade dos dias atuais.

#brasilumahistoria #eduardobueno #leya #2012 #historia #literaturabrasileira #notacinco #leitora #naoficcao @buenasideias

Beijos e até a próxima 📚.

Livro: As pessoas lá de fora – Gladston Mamede.

Olá, leitores.
Depois de um tempo sem postar nada, cá estou eu aqui novamente para escrever sobre esse #livro. Um presente do autor, um querido e apaixonado pelo que faz.
Uma #leitura prazerosa e rápida, com poucas páginas, que apresenta reviravoltas na história, o que contribui para a agilidade do texto e a vontade do leitor em terminar a obra para desvendar os mistérios.
Marciano, um homem com uma vida estável e tranquila, bom marido, pai e avô, bom administrador que graças ao fruto do seu trabalho, tornou-se rico, se vê na difícil posição de resolver os problemas familiares.
O obstáculo principal e único de sua felicidade e paz é o genro, um homem ganancioso e inescrupuloso, que tenta roubar seus bens através de atos extremos e cruéis.
Achei um bom exemplo de como o uso de armas por homens civis pode ser danoso.
Abordando traição, vingança, poder, família e relacionamentos, o livro nos faz questionar algumas questões.
A prioridade de todos deveria ser a saúde e a vida. Todo o resto é recuperável ou tolerável. Concordam?

A vida seguia nos trilhos para Marciano, empresário rico e influente, Carmem, sua esposa, e seus três filhos casados. Mas eis que uma traição é descoberta, descarrilhando a normalidade cotidiana e colocando questões familiares incômodas: quem sou eu, quem é você? Só a crise faz isso: remove as máscaras, revela as incoerências, atesta os valores. O que você nunca faria, mas acaba fazendo? O que nunca permitiria, mas aceita?

#aspessoasladefora #gladstonmamede #longarina #2018 #literaturabrasileira #notaquatro #leitora #leituradeumdia #dicadelivro #lancamento #ficcao #viciadaemlivros #livronacional

Beijos e até a próxima 📚.

Livro: O guardião do tempo – Mitch Albom.

Bom dia leitores,

#Historia bem elaborada, dinâmica e surpreendente, sendo meu primeiro contato com o autor e que gostei bastante.

A #leitura é tão prazerosa que você nem sente o correr das páginas.

Há uma grande passagem de tempo no decorrer da história, na qual entendemos o intuito do autor. Possíveis reflexões sobre a #vida e nossa relação tóxica com o #tempo.

Dhor sempre foi obcecado por enumerar coisas. Quando percebeu um padrão entre o nascer e o pôr do sol – que se repetiam um após o outro, infinitamente –, ele aprendeu a contar os dias. Ao descobrir que a lua mudava de forma e depois voltava ao seu formato original, passou a contar os meses.Sem saber, movido por uma curiosidade ingênua, Dhor estava aprisionando a maior dádiva de Deus: o tempo. E pagaria um preço alto por isso, sendo banido para uma caverna durante seis milênios. Imune aos efeitos dos anos, passava seus dias sozinho, forçado a ouvir as vozes das pessoas implorando por mais minutos, mais dias, mais anos – querendo esticar os momentos de felicidade e encolher os instantes de sofrimento. Depois de compreender o mal que havia criado ao fazer a vida girar em torno de um relógio, Dhor é mandado de volta à Terra com uma missão: ensinar a duas pessoas o verdadeiro sentido do tempo. Ele escolhe uma adolescente desiludida, prestes a pôr fim à própria vida, e um homem de negócios rico e poderoso que pretende desafiar a morte e viver para sempre. Cada um à sua maneira, eles precisam entender que o tempo é um dom precioso, que não pode ser desperdiçado nem manipulado. Para salvar a própria alma e concluir sua jornada, Dhor precisará salvá-los. Antes que o tempo se esgote – para todos.

O #livro consegue a proeza de ser importante e banal ao mesmo tempo. Acredito que seja uma leitura singular do tipo amor e ódio. Achei fofo.

#oguardiaodotempo #mitchalbom #arqueiro #2013 #ficçaoamericana #notacinco #leitora #literatura #estrangeira #book #leiturarapida #bom #lendo #metadeleitura.

Beijos e até a próxima 📚.

Livro: Justiça a qualquer preço – John Grisham.

Boa noite leitores,
Todo #lancamento desse autor, eu já procuro ler, gosto bastante da escrita e histórias, porém, apesar de ser um bom #livro, o achei um pouco fora do enredo esperado. Agradeço ainda assim pois foi um livro ganho por sorteio da editora 🤩.
Mark, Todd e Zola ingressaram na faculdade de Direito por promessas de um futuro promissor. Fizeram empréstimo estudantil para pagar uma instituição aparentemente de renome e agora, cursando o último semestre, descobrem que os formandos raramente passam no exame da Ordem dos Advogados e, muito menos, conseguem bons empregos.
Quando ficam sabendo que a universidade pertence a um obscuro operador de investimentos de alto risco que, por acaso, também é dono de um banco especializado em empréstimos estudantis, os três se dão conta de que caíram no grande golpe das faculdades de Direito.
Então eles começam a bolar uma forma de se livrar da dívida esmagadora, desmascarar o banco e o esquema fraudulento e ainda ganhar alguns trocados no caminho. Mas, para isso, precisam abandonar a faculdade, fingir que são habilitados a exercer a profissão e entrar em uma batalha contra um bilionário e o FBI.
Além da trama principal, temas como #suicidio e #deportacao estão presentes.
Acabei torcendo para que os três conseguissem atingir seus objetivos e se darem bem no final, mesmo moralmente errado.
#justicaaqualquerpreco #johngrisham
#arqueiro #2018 #ficcaoamericana #notaquatro #leitora #leitura #literatura #book #igliterario #livrodasemana

Beijos e até a próxima 📚.